Equipe LPM Infantil dá show de superação na 1ª Etapa do ranking 2013 da FJJD-RJ


Num dia de calor extremo, os 4 atletas da Equipe LPM inscritos na 1ª Etapa do Ranking da FJJD-Rio voltaram para casa com medalhas – 1 ouro, 1 prata, 2 bronzes. Veja o vídeo com os melhores momentos e sinta a energia dessa garotada.

A Equipe LPM foi a 3ª colocada entre as equipes da Zona Sul da cidade, ficando atrás apenas da Gracie Humaitá e Carlson Gracie, sendo que as duas entraram com suas filiais e nós não.
Entre as academias que não pontuaram tanto quanto a nossa estão Alliance, Abi Rhian e Delariva.

“É bom ressaltar que competição não é nosso objetivo principal e vitórias não querem dizer que uma academia seja melhor que a outra, nem que um lutador seja melhor que outro” , diz o professor Cleiber Maia.

No entanto, nem tudo foram flores e o sucesso dessa experiência não pode ser mensurada somente em medalhas. Não bastasse a dificuldade de ter que ficar de quimono numa temperatura altíssima, os atletas tiveram que ficar esperando em pé numa área de concentração abarrotada de crianças e sujeitos a serem desclassificados caso não encontrassem o coordenador que estava com as suas respectivas chaves de luta. Além disso, por causa da pouca adesão à competição, 3 dos 4 atletas inscritos tiveram que lutar em categorias de peso superior por falta de adversários nas suas originais e o Gabriel Marinho só conseguiu encontrar um adversário na faixa amarela, mesmo sendo faixa cinza.  Foi um verdadeiro teste de superação.

Fazer crianças passarem por situações extremas de estresse não é o objetivo do prof. Cleiber Maia quando inscreve seus alunos em competições. “O ideal é que a criança aprenda a gostar de enfrentar desafios”, diz o mestre, mas ninguém aprende a gostar de algo participando de um evento desorganizado.

Desde 2012 a Equipe LPM vem tentando contribuir com sugestões à FJJD-Rio para que haja melhoria de condições nas competições, mas infelizmente isso não tem surtido efeito ainda. “Vamos conversar com os pais dos alunos e talvez seja melhor encontrarmos outras formas de promover a experiência competitiva aos alunos”, conclui o prof. Cleiber Maia.
Parabéns garotada que luta por um mundo melhor, vcs são maravilhosos!

Apesar de ter que lutar contra um adversário 10kg mais pesado, o atleta Samuel Lucas sagrou-se campeão aplicando de forma eficaz um belo arm lock na luta final.

Deixe uma resposta

Últimos Tweets

Follow @lpmjiujitsu
Visitantes