Pontos Chaves no treinamento de Artes Marciais

É importante que sejamos críticos ao escolhermos as técnicas que vamos treinar  e devemos nos nortear levando em conta alguns critérios:

Legalidade – Adaptação da técnica para que seja enquadrada ao contexto da regra;

Estrategismo – As técnicas devem ser pertinentes à estratégia de um lutador – não partem do nada, e não são realizadas sem um propósito. A estratégia deve ser elaborada desde a postura /posicionamento inicial até as alternativas em caso de reação do adversário;

Fator Surpresa – Temos que fazer a técnica ser o mais surpreendente possível levando em conta a postura adotada pelos adversários em questão;

Criação da Oportunidade – Devemos induzir o adversário a nos facilitar a aplicação da técnica, ou seja, devemos estimular uma reação que nos criará a oportunidade da aplicação da técnica.

Condicionamento do Instinto – Devemos entender o conceito da técnica, mas na hora de aplicá-la, os movimentos devem ser realizados instintivamente. O movimento realizado em uma técnica não deve ser intelectualizado no momento de sua aplicação porque esse processo retarda a tomada de decisão. Assim como para andar, se equilibrar, reagir ao calor do fogo ou ao som do estampido de uma arma de fogo, você não pensa, simplesmente reage. Somente a repetição promove o condicionamento do corpo. Portanto treine repetindo os movimentos de uma técnica até que seu corpo os faça de forma instintiva.

Sintonia – Tão importante quanto saber realizar os movimentos da técnica é ter a percepção de quando devemos aplicá-la e em que ritmo isso deve acontecer. Nesse sentido, devemos entrar em sintonia com nosso adversário e aproveitar as oportunidades que aparecem no exato momento em que elas acontecem.

Criação de alternativas – Um lutador só domina uma técnica quando domina as técnicas adjacentes a ela.  Devemos criar e treinar técnicas para lidar com as possíveis posturas e reações do adversário anteriores, posteriores e durante a aplicação da técnica.

Maturidade – Todo aprendizado depende de certo nível de amadurecimento e não seria diferente no treino de uma arte marcial. Existem momentos em que algumas posições não são assimiladas tão rapidamente, portanto seja perseverante no treinamento, mas tenha a consciência que o amadurecimento está diretamente ligado ao fator tempo. Cada um tem seu tempo, inclusive você. Respeite isso!

 Prof. Cleiber Maia

Deixe uma resposta

Últimos Tweets

Follow @lpmjiujitsu
Visitantes